Louvor e Vitória

Comece a louvar a Deus e você poderá anular as sugestões de satanás. Louve a Deus e o Espírito Santo irá clarear sua visão as perspectivas de satanás são sempre enganosas. Ele quer que você veja apenas parte do quadro. Louve o Senhor e o Espírito Santo começará a dar-lhe a perspectiva do céu. O louvor reduz o diabo ao seu tamanho apropriado e ajuda você a reconhecer a falsidade e vazio de seu embuste.
 
O louvor dá a você a visão do Espírito Santo, de como Deus vem operando e como a resposta de Deus está próxima. O louvor levanta você da poeira da batalha e permite que olhe para ela da perspectiva de Jesus, enquanto Ele se acha sentado “a destra do Pai”. O louvor mostra a mentira das afirmações de satanás e faz com que você veja o que os anjos de Deus vêem.

“Se eu no coração contemplar  a vaidade (pecado), o Senhor não me teria ouvido” (Salmo 66:18).
 
Os pensamentos pecaminosos, atitudes carnais, e egocentrismo destróem o poder da oração. Eles fecham o ouvido de Deus para nossas palavras de desejos.

A escritura fala muitas vezes de pessoas orando e Deus não as ouvindo. Segundo Tiago, nossa relação com Deus deve ser verdadeira e nosso motivo puro para que Deus possa ouvir-nos (Tiago 4:3).

 
O orgulho anula muitas orações (Tiago 4:6). Uma atitude de crítica, falta de perdão e amargura oculta no íntimo, bloqueiam a oração.

Se você quiser que suas orações sejam respondidas, permita que o Espírito Santo o purifique (Tiago 4:6-10).

 
Você pode ser preservado em pureza pelo espírito de louvor. Quando satanás vier com essas sugestões, purifique seus pensamentos através da oração. O louvor desvia os seus olhos da sua própria pessoa para Jesus. O louvor faz desaparecer o negativismo, a auto-piedade, o egocentrismo e o começo da auto-idolatria.
 
O salmo 50:14-15: "Oferece a Deus sacrifício de louvor, e paga ao Altíssimo os teus votos. E invoca-me no dia da angústia; eu te livrarei, e tu me glorificarás." sugere que em sua hora de dificuldade, um sacrifício de ações de graças é o prelúdio apropriado para a sua oração pedindo livramento. Em outras palavras, o louvor torna a sua petição mais eficaz.
 
Deus já fez tanto por nós, coisas que, no geral, agradecemos inadequadamente. O louvor, em adoração, aquece o coração dele e prepara o caminho para resposta.

Se já existiu um perito em guerra espiritual, este homem foi Martinho Lutero. Ele tinha plena consciência das forças demoníacas que lutavam contra sua pessoa. Lutero escreveu: “quando não consigo orar, sempre canto”.
O louvor traz o poder do céu sobre você. Deus livrou pessoas de hábitos pecaminosos através do louvor. Cada vez que a tentação voltava, elas louvavam um pouco mais ao Senhor até que a pressão desaparecesse. Outras pessoas foram curadas enquanto louvavam o Senhor.
  

O louvor multiplica a sua fé. Quando você começa a louvar o Senhor, o foco de sua atenção se desvia da complexidade do problema para a suficiência dos recursos de Deus, da urgência da sua necessidade para o poder do Senhor em satisfazer essa necessidade.
Ao louvá-lo, você começa a lembrar como Ele o ajudou em outras ocasiões e sua fé se eleva, cheia de esperança.
Você passa a apropriar-se da disponibilidade e vontade de Deus em ajudá-lo agora. Quanto mais louva, tanto menor parece a montanha que está enfrentando à luz da grandeza de Deus.

O louvor eleva seus olhos para Jesus e quase inconscientemente você lança o seu fardo sobre o Senhor (Salmo 55:12). O louvor serve para você compreender como satanás e seus ajudantes demoníacos são comparativamente insignificantes, como eles já foram completamente derrotados e se tornaram medrosos por causa do Calvário.

 
O louvor dá coragem a você para levantar-se, em nome de Jesus e repreendê-los. O louvor não é só meio de multiplicar a sua fé, mas também uma evidência dessa fé.
As batalhas espirituais são ganhas no mundo invisível pela oração e pela assistência ativa dos anjos de Deus que foram designados para ajudar você (Hebreus 1:14). Gabriel disse a Daniel que ele e Miguel tiveram de vencer espíritos malignos inimigos antes de poderem transmitir resposta à oração de Daniel (Daniel 10:12-13).
 
O louvor afugenta Satanás; ele e seus demônios temem a presença e autoridade de Jesus. Sabem que Jesus pode enviá-los a qualquer tempo para o lago de fogo, que será sua condenação final. O medo deste castigo e a presença santa de Jesus os tortura (Mateus 8:29).

Louvar Jesus faz com que os exércitos demoníacos fujam (Tiago 4:7): "Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao diabo, e ele fugirá de vós". Quando a batalha contra satanás parecer infindável e quase desesperada, comece a louvar a Deus e eles fugirão.

 
Louvamos a Deus algumas vezes e, ocasionalmente, durante a oração. Vamos louvá-lo cada vez mais.
Usamos a oração para adorar o Senhor; comecemos a usá-la para derrotar o diabo.
Além dos outros resultados esplêndidos, vale a pena louvar o Senhor só por causa das benção que você vai sentir em seu coração. O louvor é, porém, a artilharia pesada do cristão; o louvor é mais eficaz na guerra espiritual do que a bomba atômica na militar. O louvor é a estratégia para a vitória.

Como Louvar a Deus
- Você pode louvar a Deus, na solidão de sua alma, sem que ninguém mais saiba.
- Comece seu dia no escritório, com louvor silencioso.
- Entre numa casa, ao fazer uma visita evangelística, louvando Jesus, em seu coração.
- Se outros estiverem aconselhando alguém na sua presença, você pode repetir, em silêncio, o nome de Jesus em louvor e adoração.
- Ao sentar-se ao lado de alguém que sofre no hospital, pode louvar silenciosamente o Senhor, até que a presença de Deus esteja próxima e talvez até seja sentida pelo paciente. Quantas vezes é adequado louvar Jesus desta forma!

Embora o louvor deva inundar o mais íntimo do seu ser (Salmos 103:1) possa ser cantado no seu coração (Salmos 30:12), ele deve ser também expresso em público (Salmos 35:18), na presença de outros (Salmos 34:3). O louvor deve ser declarado (Salmos 9:14), cantado (Salmos 33:1), anunciado com alegria (Salmos 33:3; 71:23), expresso com música (Salmos 92:1), e com lábios e a boca.

 
“Bendirei ao Senhor em todo o tempo, o seu louvor estará sempre nos meus lábios” (Salmos 34:1).
 
“Por meio de Jesus, pois, ofereçamos a Deus sempre, sacrifício de louvor, que é o fruto de lábios que confessam o seu nome” (Hebreus 13:15).

- O louvor pode transformar a sua vida diária.
- O louvor pode transformar a sua vida de oração.
- O louvor pode acelerar a vitória em suas batalhas de oração.
- Não existe subistituto para o louvor.
- O louvor dá honra a Deus!
Proporciona alegria aos anjos e amedronta qualquer espírito que possa estar por perto.
O louvor clareia a atmosfera, lava seu espírito, multiplica a sua fé e reveste você com a presença e poder de Deus.
 
“Bendize, ó minha alma, ao Senhor, e tudo o que há em mim bendiga ao Seu Santo Nome.” (Salmo 103:1)




Nenhum comentário:

Postar um comentário