Admitir que ama sua esposa não é sinal de fraqueza



O Criador fez a mulher para ser fiel a Ele como Deus e para que seja submissa ao homem em seu papel de esposa. Submissão feminina, sim, mas no sentido pejorativo e negativo dessa palavra jamais.  

O termo, no contexto bíblico, conota e denota importância às mulheres. Quer dizer que o Senhor fez das mulheres servas dele, com a determinação divina de que sejam pessoas amigas, confiáveis, adjuntoras, companheiras auxiliares de quem elas se casaram. 

Por quê? Porque O HOMEM É INDIVÍDUO QUE VAI MUITO MAL QUANDO NÃO TEM AUXÍLIO. Se um homem se casa e mantém o coração orgulhoso, sem disposição para consultar sua companheira de vida matrimonial, com toda certeza tropeçará em sua missão de servo de Deus, marido, pai e cidadão de bem. 

O casal deve dialogar e decidir os rumos de tudo se pautando na Bíblia. Aos olhos humanos, aquele marido que não analisa o parecer da esposa pode até se passar por alguém de sucesso, mas espiritualmente ele caminha em trevas, é um fracasso aos olhos divinos, pelo fato de desprezar o bem que Deus lhe deu para ajudá-lo a viver melhor. Confira: Provérbios 18.22.

 E.A.G

Nenhum comentário:

Postar um comentário